top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Abertas as aulas do Curso de Corte e Costura oferecido pela Prefeitura de Goianésia


Abertas as aulas do Curso de Corte e Costura oferecido pela Prefeitura de Goianésia
Foto: Igor Alves

Tiveram início na noite dessa segunda-feira (03/10), as aulas das duas turmas do Curso de Corte e Costura, oferecido pela Prefeitura de Goianésia, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho.


A formação é ministrada na Sala de Capacitação Profissional, da Secretaria do Trabalho, que fica na Viela Antônio Aparecido, atrás do Terminal Rodoviário de Goianésia, no Bairro Carrilho.


São duas turmas, de 30 alunos cada, ambas noturnas, a primeira das 18h às 20h, e a segunda, das 20h às 22h. As aulas são ministradas pela professora Jemima Guedes, que é graduada em Design de Modas pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).


O curso é cem por cento mantido pela Prefeitura de Goianésia, que fornece aos participantes todos os materiais de uso na qualificação, custados com recursos dos próprios cofres municipais, e com apoio de empresários do setor de confecções, com a doação de materiais, sugestões e avaliações da formação.


Para tanto, a Prefeitura de Goianésia fez um grande investimento, de quase R$ 200 mil, na aquisição de máquinas e equipamentos novos e no aluguel do imóvel, onde é ministrado o curso.


Segundo o supervisor da Sala de Capacitação Profissional, da Secretaria Municipal do Trabalho, Igor Alves, o primeiro dia de aula, nessa segunda-feira, foi excelente. “As nossas alunas estão superanimadas com o curso”, garante.


Mae de três filhos, Valdivina José da Costa, a Dona Divina, que trabalha na seringueira há 17 anos, justificou o interesse pelo Curso de Corte e Costura.


“Estou fazendo esse curso porque quero ter outra profissão, eu trabalho há 17 anos na zona rural, na seringueira, sou mãe de três, cuido da minha mãe também. Fiquei sabendo do curso, corri atrás, consegui a última vaga, no horário que eu queria, das 20h às 22h, e estou otimista”, afirmou Dona Divina, que mora distante 50 minutos do local do curso, no Bairro Residencial Paulo Dias, e vai a pé, todas as noites, para realizar o sonho de trabalhar como costureira profissional.


“E eu quero continuar, do começo ao fim, aprender o que tiver de aprender, vencer, chegar lá na frente e dizer que eu corri atrás, eu morava longe, eu andava 50 minutos, a pé, de noite, e que eu consegui e hoje sou uma profissional, sou uma costureira, me orgulhar de ser a pessoa que eu quero ser lá na frente, que eu creio que eu vou ser”, concluiu a aluna Divina.

Comments


Publicidade

Publicidade