top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Alunas goianas são selecionadas para intercâmbio nos Estados Unidos

As férias de julho deste ano serão inesquecíveis para duas alunas do Colégio Militar

Alunas Flávia Mariany Oliveira Soares e Bianca Thamiris Cornélio da Silva - Foto: Reprodução

As férias de julho deste ano serão inesquecíveis para duas alunas da rede pública estadual de Educação. Flávia Mariany Oliveira Soares e Bianca Thamiris Cornélio da Silva têm 17 anos, são alunas da 3ª série do Ensino Médio e serão as representantes de Goiás na edição 2022 do Programa Jovens Embaixadores (PJE).


A seleção garantiu às duas adolescentes o direito de participar de um intercâmbio nos Estados Unidos por um período de 16 dias, com todas as despesas pagas. Flávia Mariany explica que a programação começa, na verdade, no dia 27 de junho em São Paulo, onde estudantes de vários estados brasileiros se reúnem para os preparativos da viagem.


“No total serão 19 dias”, afirma ela, acrescentando que o embarque para os Estados Unidos está agendado para o dia 1º de julho e o retorno no dia 17 do mesmo mês. “Eu estou muito ansiosa com essa viagem. Não vejo a hora de conhecer todos os outros jovens embaixadores e finalmente viajar para outro país, que sempre foi meu sonho”, comenta Bianca Thamiris.


A estudante confessa que já criou muitas expectativas com o intercâmbio. “Pretendo aprender muito durante a viagem, quero aprimorar meu Inglês e visitar lugares turísticos na capital Washington D.C., além de conhecer novas pessoas e viver este sonho que é estar em outro país”, acrescenta.


Sensação indescritível

Pela primeira vez participando do PJE, Flávia Mariany destaca que a experiência tem sido incrível desde a inscrição. “Parece que a ficha não caiu ainda, porque eu sou chorona e não chorei (rs). Eu estava trabalhando e minha amiga Vanessa me ligou, comemorando. Foi uma sensação indescritível, um dos melhores dias da minha vida!”, narra a aluna do Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) José Carrilho, em Goianésia.


Ao saber que tinha sido selecionada, Bianca Thamiris conta que ficou muito animada. “Custei a acreditar, até agora a ficha não caiu, na verdade”, comenta. “Parece que estou vivendo a realidade de outra pessoa. Quando recebi o e-mail informando a minha classificação, eu conferi diversas vezes o meu nome na lista para ter certeza”, afirma a estudante.


De acordo com ela, a notícia deixou seus familiares, amigos e até os servidores do colégio muito satisfeitos. “Todos ficaram muito felizes e animados por mim e isso me fez ficar mais contente ainda. Sou muito grata a todos eles”, completa. Da mesma forma que Flávia Mariany, é a primeira vez que Bianca Thamiris se inscreve no Programa Jovens Embaixadores.


Projetos selecionados

Um dos critérios de seleção utilizados pelo PJE é o envolvimento dos estudantes em uma ou mais iniciativas de empreendedorismo e impacto social. No caso de Flávia Mariany, ela participa do projeto ‘Agentes Jovens’, que tem como foco reduzir as desigualdades sociais dentro do ambiente escolar e proporcionar mais oportunidades aos alunos em situação de vulnerabilidade social.


“Também, sempre que possível, procuramos auxiliar instituições de caridade e instruir a comunidade sobre os nossos deveres para uma sociedade mais humanizada”, explica a jovem, que é engajada em projetos de distribuição de cestas básicas, doação de livros, rodas de conversas, entre outras ações.


Aluna do CEPMG Benedito Pinheiro de Abreu, em Itaberaí, Bianca Thamiris foi classificada com o projeto de monitoria ‘Matemática sem Problema’, que busca melhorar o desempenho dos estudantes na disciplina. “Nossa proposta é ensinar Matemática de forma leve e divertida e, além disso, contribuir para que os alunos melhorem suas habilidades e possam se sobressair em prêmios e competições na área”, ressalta ela.


Segundo Bianca, ela sempre teve muita facilidade em aprender Matemática, mas ao perceber que a maioria dos colegas não tinha a mesma habilidade, ela sentiu vontade de iniciar o projeto. “Propus a ideia de uma monitoria em grupo, realizada no contraturno. A direção do colégio topou e cedeu uma sala para a gente usar duas vezes por semana. Obtivemos bons resultados com este projeto e a média de todos subiu muito depois da iniciativa”, lembra.


Sobre o Jovens Embaixadores

O PJE é uma iniciativa do Departamento de Estado Norte-Americano coordenada no Brasil pela embaixada e pelo consulado dos Estados Unidos. Criado em 2002, o intercâmbio de curta duração é direcionado aos estudantes do Ensino Médio que estudam na rede pública, possuem boa fluência em Inglês e se destacam pela atitude positiva em suas comunidades, além de apresentar bom desempenho acadêmico, capacidade de liderança e espírito empreendedor.


O programa também atua no sentido de consolidar os laços de amizade, de respeito e de colaboração entre o nosso país e os Estados Unidos. Em sua 20ª edição, o PJE será realizado entre os dias 28 de junho, quando os selecionados chegam a São Paulo, e 17 de julho, data em que os estudantes embarcam de volta ao Brasil.


“De 2 a 6 de julho todos nós ficaremos em Washington, D.C., mas depois cada jovem embaixador irá para um estado-anfitrião, que ainda não sabemos qual é. No dia 15 de julho retornamos à Capital norte-americana e no dia 17 voltamos para São Paulo”, informa Bianca Thamiris. Ela e Flávia compõem o grupo de 50 jovens selecionados nesta edição. Cada Estado tem, no mínimo, um representante.

Commentaires


Publicidade

Publicidade