top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Autódromo Internacional de Goiânia completa 49 anos

Espaço é palco de grandes competições regionais e nacionais, como a Copa Truck, que será realizada neste final de semana; ex e atuais pilotos dão depoimentos sobre a emoção de correr no circuito goiano

Autódromo Internacional de Goiânia completa 49 anos
Imagem aérea do Autódromo Internacional de Goiânia - Foto: Mantovani Fernandes

O Autódromo Internacional de Goiânia Ayrton Senna completa 49 anos nesta sexta-feira (28/7), como um dos principais palcos da velocidade no Brasil. O espaço administrado pelo Governo de Goiás, por intermédio da Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL), possui extensa programação de corridas durante todo o ano. Neste final de semana, será realizada a sexta etapa da Copa Truck, da Nascar Brasil e o Festival Turismo 1.4.


O autódromo já recebeu também este ano a Império Endurance Brasil, categoria composta por protótipos e supercarros de marcas consagradas como Mercedes, Porsche, McLaren e BMW. A pista goiana contou com etapas da Stock Car, Brasileiro de Motovelocidade e provas regionais e nacionais, como o KM de Arrancada. Pelos seus paddocks passaram nomes como Rubens Barrichello, Felipe Massa, Nelson Piquet Júnior e Ricardo Zonta e Tony Kannan.


“O Autódromo Internacional de Goiânia recebe manutenção diária, o que permite que os organizadores dessas provas tenham interesse no espaço, que é um dos melhores do Brasil, conforme atestam os próprios pilotos”, destacou o secretário de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues. Segundo ele, o Governo de Goiás tem o maior zelo com o circuito e seu entorno para proporcionar aos goianos um espaço de lazer e entretenimento.

Motovelocidade tem espaço na garantido na programação de corridas do autódromo - Foto: Mantovani Fernandes

O ex-piloto de motocross e multicampeão Roberto Boetcher é o responsável por manter em perfeitas condições de funcionamento o Autódromo de Goiânia. Ele esteve no alto do pódio várias vezes. “Em Goiânia temos o privilégio de contar com um espaço bem cuidado e que motiva pilotos e organizadores a realizarem grandes provas por aqui”, comentou, lembrando que o local recebeu o Mundial de Motovelocidade nos anos 1.980.


Outro piloto de motovelocidade, Edmar Ferreira acompanhou parte dessa história. “Não podemos esquecer aqueles heróis anônimos que ajudaram a construir a história do autódromo. Professor Marcos (já falecido), o Luiz Fernando Rocha e o governador Leonino Di Ramos Caiado, que abriu as portas do estado para fazer o que fosse preciso pelo esporte. Tivemos também o Emerson Fittipaldi, que deu muitas sugestões para consolidar o automobilismo aqui”, disse.


Piloto que vai correr neste final de semana no Festival Turismo 1.4, o goiano Raphael Tavares, decidiu homenagear o espaço, onde viveu momentos marcantes. “Neste final de semana, para comemorar o aniversário, vou correr com o número 49. É uma forma de homenagear nossa principal pista de velocidade”.

Foto: Mantovani Fernandes

Estrutura

Dentro do seu complexo, o autódromo ainda conta com o Parque Marcos Veiga Jardim. Há uma pista para kart e o circuito serve para práticas ciclísticas e de corrida, sendo a praça esportiva com mais atividades no estado durante todo o ano.


Copa Truck 2023

Copa Truck: caminhões preparados para corrida - Foto: Mantovani Fernandes

Goiânia recebe oito corridas em dois dias, sendo duas da Copa Truck, três da Nascar Brasil e três do Turismo 1.4. Os portões serão abertos no sábado (29/7) e no domingo (30/7) às 8h00. Na sexta-feira o autódromo ficará fechado ao público.

Comments


Publicidade

Publicidade