top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Créditos rurais devem movimentar R$ 15 bi em operações do Plano Safra 2021/2022

Contratações de financiamentos rurais com recursos equalizáveis estavam suspensas desde fevereiro, mas governo federal abriu crédito suplementar para reforçar os pagamentos até 30 de junho

Créditos rurais devem movimentar R$ 15 bi em operações do Plano Safra 2021/2022
Foto: Arquivo/Agência Brasil

O governo federal autorizou a volta de financiamentos do Plano Safra 2021/2022 e o Ministério da Agricultura estima R$ 15 bilhões em novas operações de crédito rural. A autorização partiu do Ministério da Economia, que liberou a retomada das contratações para as linhas de financiamento do Pronaf (Agricultura Familiar) incluindo investimentos, aquisição de matrizes e reprodutores, aquisição de tratores, colheitadeiras e outros veículos. Elas agora seguem em vigor até o dia 30 de junho.


Ainda fazem parte da liberação linhas como ABC (agricultura de baixo carbono), Pronamp (médio produtor), Inovagro (inovações tecnológicas), Proirriga (irrigação) e Moderagro (modernização). As contratações de financiamentos rurais com recursos equalizáveis estavam suspensas desde fevereiro.


O governo abriu crédito suplementar de mais de R$ 1 bilhão para reforçar os pagamentos de equalização de taxas de juros do Plano Safra vigente, que encerra no dia 30 de junho. Do valor total, são R$ 375,4 milhões do Pronaf, R$ 44 milhões da linha de custeio, R$ 220 mil de comercialização e R$ 667,8 milhões de investimento.


O Ministério da Agricultura estima que cerca de R$ 15 bilhões em novas operações de crédito rural, com recursos equalizados, devam ser contratadas até o próximo dia 30. A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) comemorou a volta das contratações de custeio, investimento e comercialização do Plano Safra.


Para a CNA, a recomposição orçamentária era uma das prioridades após a escalada da taxa Selic aumentar a necessidade de mais recursos para as equalizações de juros, comprometendo a disponibilidade de crédito rural nas instituições financeiras.


No novo cronograma, continuam suspensas as contratações de três linhas de financiamentos: Moderfrota (frotas e tratores), PCA (para construção de armazéns) e Prodecoop (desenvolvimento cooperativo).


Veja a lista de financiamentos retomados:

  • ABC – Ambiental

  • ABC – demais

  • Aquisição de matrizes e reprodutores – Pronaf

  • Caminhonetes de carga e Motocicletas adaptadas à atividade rural – Pronaf

  • Comercialização FEE

  • Custeio Empresarial

  • Custeio Pronamp

  • Inovagro

  • Investimento Empresarial

  • Investimento Grupo B – Pronaf

  • Investimento Pronaf

  • Investimento Pronamp

  • Moderagro

  • Procap-Agro – Giro

  • Proirriga

  • Tratores e Colheitadeiras – Pronaf

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page