top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Flávio Dino e Paulo Gonet passam por sabatina na CCJ do Senado

Votação em Plenário: Requisitos mínimos de 41 votos dos senadores para aprovação dos indicados

O indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Flávio Dino, e o subprocurador Paulo Gonet, indicado para a Procuradoria-Geral da República (PGR), serão sabatinados em uma sessão extraordinária agendada para esta quarta-feira (13/12), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ).


A sessão terá início às 9h da manhã e contará com perguntas simultâneas dos senadores aos dois indicados. O formato, definido pelo presidente da CCJ, Davi Alcolumbre, busca agilizar o processo de indicação diante do período de recesso parlamentar iminente.


As perguntas serão apresentadas em bloco, sem definição prévia sobre o número de senadores que terão a oportunidade de questionar. A votação em plenário será posterior à sabatina, exigindo no mínimo 41 votos dos senadores para que Flávio Dino e Paulo Gonet assumam os respectivos cargos.


A escolha de realizar a sabatina simultânea visa, segundo Alcolumbre, otimizar o tempo e evitar prolongamento do processo. A audiência antecede a votação em plenário, onde serão necessários 42 votos para aprovação.


A CCJ, composta por 26 senadores, emitirá um parecer sobre os indicados, que, se aprovados, seguirão para o plenário. Caso aprovados em plenário, os indicados precisam ser nomeados pelo presidente da República para oficialmente assumirem os cargos.


Acompanhe:


Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page