top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Goiás bate recorde histórico de abertura de empresas

No acumulado de 2023 Estado cria 33.847 CNPJs, por meio da Juceg, e supera marca de 2021, com registro de 33.082 novos negócios

O Estado de Goiás registrou novo recorde histórico de abertura de empresas, com 33.847 novos CNPJs de janeiro a dezembro de 2023. O número é superior ao recorde conquistado em 2021, quando 33.082 novos negócios entraram em operação. Os dados são da Junta Comercial de Goiás (Juceg).


Este crescimento na quantidade de empresas abertas foi influenciado pelo processo de desburocratização e digitalização que a Junta Comercial implantou em 2019, tornando mais rápido e ágil a criação de um novo empreendimento. Se em anos anteriores a espera para se adquirir um novo CNPJ era de dias e até meses, com o processo on-line a situação passou para horas. “Chegamos a ficar no primeiro lugar no ranking nacional como a Junta mais rápida para se abrir um negócio, com 16 horas”, explica o presidente da Juceg, Euclides Barbo Siqueira.


O Governo de Goiás impulsionou a melhora no ambiente de negócios com a promoção de cursos de capacitação pela Secretaria da Retomada, crédito facilitado pela Goiás Fomento e parceria com o Sebrae Goiás para os empreendedores. Ações que refletiram ainda de forma positiva no fortalecimento e estímulo à economia goiana no pós-pandemia.


“Esse crescimento evidencia o potencial econômico e empreendedor da região. Com mais empresas sendo abertas, espera-se um aumento significativo na geração de empregos e no desenvolvimento do setor produtivo. Além disso, essa expansão também indica uma maior confiança dos investidores e empresários no mercado goiano. Com tantas oportunidades surgindo, é fundamental que o estado trabalhe para garantir um ambiente favorável aos negócios, com políticas públicas que incentivem o empreendedorismo e facilitem a abertura e manutenção das empresas”, salienta Euclides.


Goiás também se destacou no quesito empresas ativas, com mais um recorde: Conforme dados da Juceg, o ano de 2020 finalizou com 843.234 empresas de portas abertas; em 2021, 941.857 CNPJs em funcionamento. Agosto de 2022 rompeu a barreira do milhão e o ano terminou com 1.010.570 negócios. Já o ano de 2023 superou em cerca de 10% os números anteriores, com 1.103.860.


Sim à RedeSim

O trabalho da Junta Comercial de Goiás de sensibilização nos 246 municípios goianos para ingressar na Rede Nacional para simplificação do registro e legalização de empresas e negócios (RedeSim) foi fundamental para oferecer aos empreendedores um cenário ágil, acessível e 100% digital.


Na Redesim estão os órgãos de registro (juntas comerciais, cartórios de registro civil de pessoas jurídicas e OAB), as administrações tributárias no âmbito federal, estadual e municipal e os órgãos licenciadores, em especial Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Meio Ambiente. Com o sistema, a prefeitura reduz a burocracia necessária para abertura de empresas, fazendo com que o empreendedor ganhe tempo e acelere todo o trâmite.


Outra iniciativa de sucesso implantada em 2023, por meio de uma parceria entre Juceg, Corpo de Bombeiros e Sebrae, permitiu que empresas de até 750 metros quadrados possam obter o Certificado de Conformidade (Cercon), também conhecido como Alvará de funcionamento de forma digital e imediata. O procedimento de retirada do documento, que antes durava entre 10 e 15 dias e contava com a conferência de documentos e vistorias, passou a ser automatizado. O programa impacta cerca de 95% das empresas que necessitam deste documento no processo de abertura do negócio e nas atualizações anuais de funcionamento.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page