top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

“Goiás tem promovido crescimento econômico com inclusão social", destaca Caiado em Ceres

Durante entrega de máquina de corte automático para confecção em larga escala, governador ressalta importância da integração entre geração de emprego, renda e educação

“Goiás tem promovido crescimento econômico com inclusão social", destaca Caiado em Ceres
Governador Ronaldo Caiado entrega máquina de corte automático em Ceres; equipamento faz parte do programa dos Arranjos Produtivos Locais do Estado de Goiás e deve impulsionar setor de confecção no Centro goiano - Foto: Lucas Diener

Em continuidade às políticas públicas de promoção do desenvolvimento econômico e social regional, o governador Ronaldo Caiado realizou, nesta terça-feira (11/07), a entrega de mais uma máquina de corte de tecido automática para atender o setor de confecções, em Ceres. O maquinário, avaliado atualmente em R$ 2,5 milhões, é considerado o mais moderno do mercado e deve expandir a cadeia produtiva de vestuário na região Centro-Norte do estado.


“As pesquisas mostram que Goiás é o estado que tem promovido o crescimento econômico com inclusão social. No Governo, nos realizamos em cada entrega, mas comemoramos também o número de pessoas que deixam diariamente os programas sociais por conquistarem capacidade produtiva com renda digna. Esse é o objetivo, a nossa prioridade", destacou Caiado.


A máquina Audaces tem capacidade para o corte de até 10 mil peças por dia, o que garante mais agilidade na fabricação do vestuário. O equipamento conta ainda com tecnologia para reaproveitamento dos tecidos, evitando desperdícios, além da alta precisão do corte. Ela poderá ser utilizada por micro e pequenos empresários, por meio de locação por hora/corte, ao preço de R$ 70 a R$ 90 reais.


APL Goiano

Ceres é o nono município a receber a máquina do modelo Audaces, parte do programa dos Arranjos Produtivos Locais do Estado de Goiás (APL Goiano), que já investiu um total de R$ 12,6 milhões na aquisição dos equipamentos. O projeto, realizado por meio da Secretaria de Estado da Retomada, já contemplou os municípios de Jussara, Itaguari, Hidrolândia, Trindade, Águas Lindas, cidade de Goiás, Ipameri e Novo Gama.


“É mais um APL que a gente está montando com sucesso e daqui a uns dias vai estar na lista das cidades que mais cortam”, projetou o secretário de Estado da Retomada, César Moura. Segundo dados da secretaria, Goiás cortou R$ 9,4 milhões de peças de vestuários em 2023.


Qualificação

Além da máquina de corte, os moradores do município ganham também acesso a cursos profissionalizantes na área de confecção. E alunos inscritos no Cadastro Único que concluírem o curso no Colégio Tecnológico de Goiás (Cotec), em Ceres, recebem auxílio de R$ 4,2 mil para comprar maquinários de costura e materiais necessários para produção.


“Não adianta dar a receita do remédio, se a pessoa não tem condições de comprar. Nós damos o curso e entregamos junto a máquina e os insumos para que as pessoas possam costurar e começar a conquistar sua independência”, ressaltou Caiado.


O vice-governador Daniel Vilela pontuou que os investimentos na qualificação profissional e na geração de emprego são prioridades da gestão atual. “Esse investimento faz parte disso, é inteligente, criativo e diferente dos investimentos básicos que o poder público naturalmente já tem como obrigação”, destacou.


Sheila Gomes, proprietária de uma confecção na cidade, considera que o projeto vai transformar a região. “Poucos estados conseguem, no interior do Brasil, implementar tecnologia de ponta para alavancar sua produção e com isso competir com o mercado externo”, destacou ao agradecer Caiado pela implementação do APL.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page