top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Governo de Goiás define Grupo de Trabalho para modernizar Ceasa-GO

Vice-governador de Goiás Daniel Vilela, diretor-presidente da empresa Manoel Castro e secretário da Infraestrutura Pedro Sales definem que demandas emergenciais, como construção de um novo estacionamento, terão prioridade

O vice-governador Daniel Vilela iniciou, nesta segunda-feira (4/3), a formação de um Grupo de Trabalho (GT) que ficará responsável pela elaboração de um amplo plano de modernização das Centrais de Abastecimento de Goiás S/A (Ceasa-GO), com prioridade para o atendimento de demandas emergenciais da empresa, como a construção de um novo estacionamento e a reestruturação da rede de energia elétrica.


A iniciativa conta com respaldo do governador Ronaldo Caiado e foi acertada após reunião com o presidente Manoel Castro de Arantes, o “Fião”, da qual também participaram o secretário de Estado da Infraestrutura, Pedro Sales, diretores da Ceasa-GO e integrantes da União de Atacadistas e Produtores de Hortifrutigranjeiros do Estado de Goiás (Uniap), que representam centenas de concessionários que atuam no local.


Durante o encontro, o vice-governador teve acesso a números e dados relevantes que corroboram a necessidade de expansão física das Centrais de Abastecimento. De acordo com o gerente de Mercado da Ceasa-GO, Eder Lopes de Faria, o entreposto goiano é frequentado, diariamente, por 15 mil pessoas, e por suas vias trafegam 450 veículos de grande porte, 500 motos e 600 carros.


Diante da situação, Vilela confirmou que o Grupo de Trabalho também redobrará atenção à logística do local. Ele ainda disse que o GT será formado por equipe multidisciplinar e de diversos órgãos do governo a fim de proporem soluções mais céleres para todas as necessidades das Centrais de Abastecimento. Ele também defendeu a participação da Vice-Governadoria para dar “impulso político” ao projeto de revitalização e garantiu ao presidente da Uniap, Orlando Kumagai, que uma comissão de concessionários estará presente no grupo.


Questões como a renovação das concessões que permitem que produtores comercializem frutas e verduras dentro da Ceasa-GO também entraram na pauta de discussões, assim como a importância do reaproveitamento dos resíduos orgânicos e da pavimentação asfáltica nas vias internas. “O que precisamos estabelecer é um plano de urbanização completo. Algo que garanta mais conforto para comerciantes e consumidores”, afirmou o vice-governador. “Temos que aproveitar esta oportunidade; vamos passar o Ceasa a limpo”, completou Manoel Castro, que lembrou que, em 2025, a empresa completa 50 anos e que tem lutado para fazer investimentos, como a instalação de uma usina fotovoltaica e a edificação de um novo galpão.


Os estudos para início das intervenções devem se dar com agilidade, segundo o secretário da Infraestrutura, Pedro Sales. “Vamos trabalhar em uma concepção macro e logo partir para algumas ações concretas, para solucionar aqueles problemas que são os mais urgentes no cotidiano. Em pouco tempo teremos ações práticas para melhorar a vida de quem trabalhar a Ceasa", garantiu.


Após a reunião com o diretor-presidente da Ceasa-GO e o titular da Seinfra, Daniel foi à sede da União de Atacadistas e Produtores de Hortifrutigranjeiros, localizada nas proximidades e, de forma resumida, repassou a diretores e integrantes dos conselhos de Administração, Fiscal e Consultivo da Uniap a deliberação acerca da criação do Grupo de Trabalho. O presidente da Uniap disse ter “boas expectativas” e destacou que está “confiante” no trabalho a ser desempenhado pelo GT. “O governador Ronaldo Caiado é o que mais investiu aqui”, acrescentou Orlando Kumagai.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page