top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Jovem é morto a tiros durante discussão em chá de fraldas em Aparecida de Goiânia

Segundo a esposa da vítima, a discussão teria se iniciado quando o autor tentou empurrar ela e o filho, um bebê de apenas 2 meses, em direção à piscina

Jovem é morto a tiros durante discussão em chá de fraldas em Aparecida de Goiânia
Gustavo Henrique de Olveira, de 23 anos, foi morto a tiros durante um chá de fraldas em família - Foto: Arquivo pessoal

Gustavo Henrique de Oliveira, um jovem de apenas 23 anos, teve sua vida interrompida de forma trágica na madrugada deste domingo. Ele foi morto a tiros durante um chá de fraldas realizado em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.


Segundo Danielli Pimentel, esposa da vítima, o autor dos disparos é o esposo da tia dela e o proprietário da casa onde ocorria o chá de fraldas. A discussão teria se iniciado quando o agressor tentou empurrar ela e o filho do casal, um bebê de apenas 2 meses, em direção à piscina.


Infelizmente, a situação saiu do controle rapidamente. Durante discussão o autor dos disparos, teria buscado uma arma de fogo dentro da residência, efetuando dois tiros no peito de Gustavo, que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas ao chegar ao local, constatou que o jovem já estava sem vida.

Jovem é morto a tiros durante discussão em chá de fraldas em Aparecida de Goiânia
Foto: Reprodução/PMGO

A polícia foi imediatamente chamada e iniciou as investigações para identificar e capturar o autor do crime. Segundo informações preliminares, o suspeito teria fugido do local em uma caminhonete. Familiares e testemunhas que presenciaram o trágico evento permaneceram no local e prestaram depoimentos às autoridades.


A ocorrência registrada descreve o ambiente como uma cena de "desespero, gritaria e descontrole". Muitas pessoas presentes no chá de fraldas tentaram intervir para evitar a situação, porém, não conseguiram impedir os disparos fatais.

Comentarios


Publicidade

Publicidade

bottom of page