top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Justiça determina afastamento do presidente da Câmara Municipal de Rialma

Medidas cautelares são tomadas após denúncia do MPGO

Após denúncia do Ministério Público de Goiás (MPGO), a Justiça determinou o afastamento imediato de Israel Matozinho da Silva Figueira de suas funções como vereador e presidente da Câmara Municipal de Rialma. A medida é resultado de acusação de concussão, conforme o artigo 316 do Código Penal, que envolve ainda Márcio Rhangel Silva Sousa.


A denúncia do MPGO alega que Israel Matozinho teria usado sua posição para coagir uma pessoa envolvida em um caso de supressão ilegal de vegetação a transferir-lhe R$ 16 mil. Além disso, ele teria prometido interceder em um processo administrativo ambiental em troca do pagamento. Os valores foram depositados em contas vinculadas aos envolvidos.


Como medida cautelar, a Justiça bloqueou valores em contas bancárias até o limite de R$ 257.500,00, determinou o afastamento do sigilo bancário dos réus e das empresas relacionadas, e proibiu o acesso de Israel Matozinho às dependências da Câmara Municipal de Rialma durante o processo de investigação.

Comentarios


Publicidade

Publicidade

bottom of page