top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Mais de 25 mil pessoas já foram beneficiadas pelos cursos oferecidos pelo Governo de Goiás em 2023

Número de matrículas já ultrapassa 37 mil entre janeiro e a primeira quinzena de junho. Mais 56.500 vagas serão disponibilizadas a partir de 15 de julho

Mais de 25 mil pessoas já foram beneficiadas pelos cursos oferecidos pelo Governo de Goiás em 2023
Cerca de 25 mil pessoas já buscaram cursos ofertados pelo Governo de Goiás em 2023 - Foto: Divulgação

Os cursos de capacitação, qualificação e técnico oferecidos gratuitamente pelo Governo de Goiás por meio dos Colégios Tecnológicos (Cotecs), através da Secretaria da Retomada e do programa Goiás Social, têm despertado grande interesse no primeiro semestre de 2023. De janeiro até a primeira quinzena de junho, foram realizadas mais de 37 mil matrículas, levando em consideração que algumas pessoas se inscreveram em mais de um curso. A previsão é que até o dia 30 deste mês o número de inscrições chegue a cerca de 39 mil.


Em menos de seis meses, quase 25 mil alunos já tiveram acesso a 1.057 cursos oferecidos. Os cursos estão distribuídos em diferentes Eixos Tecnológicos, que incluem Gestão e Negócios, Recursos Naturais, Produção Cultural e Design, Turismo, Hospitalidade e Lazer, Segurança, Infraestrutura, Ambiente e Saúde, Informação e Comunicação, e Produção Industrial. Os cursos mais procurados até o momento são Informática Básica, Beleza, Culinária e Corte e Costura, respectivamente. Cerca de 88,5% das matrículas correspondem a cursos de curta duração, voltados para capacitação.


O relatório do primeiro semestre também mostra um aumento no percentual de certificação. Nos anos anteriores, a média de alunos que concluíam os cursos era em torno de 40% das matrículas efetivadas. Neste primeiro semestre de 2023, foram emitidos aproximadamente 15.500 certificados, e a previsão é que esse número chegue a 17 mil, o que elevaria o percentual de certificação para quase 70%.


“Nós fazemos os feirões para levar aos municípios goianos e seus moradores essa oportunidade de aprender um ofício. Temos um convênio com a UFG que garante a qualidade dos cursos. E acompanhamos essa evolução buscando sempre mostrar para os alunos que o certificado pode dar a eles uma vida nova, seja com um emprego formal e as vantagens que isso traz, seja abrindo o próprio negócio”, pontua o secretário da Retomada, César Moura.


Novas vagas

Além das 37.031 matrículas já realizadas, com previsão de encerrar o semestre com um total de 38.748, o Governo de Goiás está abrindo mais 56.500 vagas. As inscrições estarão disponíveis a partir da segunda quinzena de julho, devido ao recesso escolar, e poderão ser feitas através do site da Secretaria da Retomada, na opção "Cursos Gratuitos". A meta é alcançar mais de 93 mil matrículas até o final de 2023.


Crédito

Os beneficiários que possuírem o certificado e forem cadastrados no Cadastro Único do Governo Federal têm a possibilidade de solicitar o Crédito Social, que oferece um repasse de até R$ 5 mil para aquisição de equipamentos e insumos para abrir o próprio negócio. Para aqueles que não se enquadram nos critérios do Crédito Social, o Governo de Goiás, por meio da Retomada e da GoiásFomento, disponibiliza linhas de crédito sem aval e sem juros, com condições facilitadas de pagamento.


“E não é só repasse ou o crédito. Como são pessoas que vivem em vulnerabilidade social e precisam de auxílio para empreender, o governo do Estado oferece toda a orientação, por meio de parceiros como o Sebrae e a Goiás Fomento”, explica César Moura.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page