top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Novo álbum da Filarmônica está disponível nas principais plataformas de streaming

Gravação da Orquestra de Goiás traz composições de Edino Krieger. Grupo tem aclamação internacional com suas gravações

Novo álbum da Filarmônica está disponível nas principais plataformas de streaming
Gravações da Filarmônica de Goiás podem ser ouvidas em várias plataformas de streaming - Foto: Cinthia Oliveira

Agora é possível ouvir a Orquestra Filarmônica de Goiás nas plataformas de streaming Spotify, Deezer, YouTube e Apple Music. O lançamento, que faz parte do projeto Música do Brasil, do selo europeu Naxos, apresenta o álbum Krieger: Canticum Naturale, Ludus Symphonicus e Variações Elementares, com 22 composições de Edino Krieger, executadas pela Filarmônica sob a regência de seu maestro titular, Neil Thomson.


A composição “Fanfarra e Sequência” conta com a participação do Coro da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, e “Canticum naturale II. Monólogo das águas” tem a voz da soprano Flávia Fernandes. Esta última obra foi composta em 1972 – tendo como base cantos de pássaros e ruídos ambientais da Amazônia – e é a obra mais conhecida do compositor. Para quem se interessar, o CD pode ser adquirido no link lojaclassicos.com.br/produto/kriegerorchestralworks/; no streaming, o perfil pode ser encontrado com o nome em inglês: Goiás Phillharmonic Orchestra.


As gravações da Filarmônica goiana conquistaram destaque nacional e internacional. Nesta semana a revista inglesa Gramophone, uma das maiores do planeta em música clássica, publicou uma crítica elogiosa a outro álbum da Filarmônica, feito em conjunto com a violoncelista Marina Martins, executando sinfonias de Claudio Santoro. O álbum, que é segundo no ranking mundial do selo Naxos, foi produzido dentro do projeto Brazilian Concert.


Edino Krieger

O catarinense Edino Krieger começou a estudar violino com o pai, aos 7 anos. Estudou no Conservatório Brasileiro de Música e na Juilliard School of Music de Nova York, onde também tocou na Mozart Orchestra. Ganhou o Prêmio Internacional da Paz na década de 1950 em Varsóvia e, já em Londres, estudou composição com Lennox Berkeley e trabalhou para a Rádio BBC produzindo programas sobre compositores britânicos contemporâneos que seriam transmitidos para o Brasil ao longo do ano de 1956. Krieger faleceu em dezembro do ano passado, aos 94 anos.

Komentáře


Publicidade

Publicidade

bottom of page