top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Polícia Civil indicia servidores da Prefeitura de Goiânia por cobrarem por pontos de feiras livres

Um dos servidores informava aos feirantes um nome falso e recebia os valores cobrados por meio de contas bancárias de terceiros

Foto: Reprodução/PCGO

Dois funcionários municipais foram presos ontem (02/5) pela prática dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A prisão foi realizada pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap).


Os dois servidores exerciam a função de supervisores de Feiras Livres e Especiais realizadas semanalmente em Goiânia. Segundo a polícia, ficou comprovado que, no desempenho das funções exercidas e em razão dos cargos públicos que ocupavam, os investigados teriam se apropriado ilicitamente de pontos/barracas da feira da OVG e cobravam ilegalmente aluguéis mensais de feirantes que desejavam exercer a atividade comercial no local, mesmo sabendo que a autorização é gratuita, conforme o Decreto Municipal nº 2.835/2014.


A polícia também apurou que um dos servidores, visando ocultar a vantagem ilícita, informava aos feirantes um nome falso e recebia os valores cobrados por meio de contas bancárias de terceiros. O inquérito foi encaminhado ao Poder Judiciário e aguarda a análise do Ministério Público (MP) acerca dos indiciamentos realizados pela polícia.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page