top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Polícia desmantela quadrilha que roubava carregamento de placas solares

Sete pessoas foram presas, sendo seis em Abadia de Goiás e uma em Rio Verde

Foto: Reprodução/PCGO

A Polícia Civil de Goiás, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) e o Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Rio Verde, em conjunto com a PRF e a Secon, deflagrou a Operação Pôr do Sol. A operação conjunta foi para o desmantelamento de uma organização criminosa especializada em subtrações e vendas de equipamentos e placas de energia solar.


O grupo teria sido responsável pelo roubo de cinco carregamentos de placas solares, sendo dois ocorridos em São Paulo, dois em Minas Gerais e um no Maranhão. As investigações mostraram que o núcleo criminoso ficava em Goiás. Sete pessoas foram presas, sendo seis em Abadia de Goiás e uma em Rio Verde. Duas armas de fogo foram apreendidas e grande parte das cargas subtraídas foram recuperadas.


Segundo o delegado da Decar, responsável pela investigação, Alexandre Bruno, alguns dos presos possuem vinculação com Facções Criminosas, preenchendo a função de “cobradores” da organização. “Um deles, era comerciante em Rio Verde, e se utilizava de um galpão com uma placa com inscrições falsas de uma conhecida igreja evangélica para maquiar o esquema de compra e venda de placas solares, cuja origem é ilícita”, afirma o delegado.


De acordo com a PCGO, O prejuízo causado pelo grupo ultrapassa R$ 3 milhões. A polícia também apreendeu um dos caminhões utilizado no transporte das cargas subtraídas. As investigações continuam no sentido de identificar se existem mais envolvidos no esquema criminoso.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page