top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Secretaria de Saúde reforça importância dos cuidados na prevenção da varíola dos macacos

A Secretaria de Saúde alerta que, em casos suspeitos, as pessoas devem procurar imediatamente uma unidade de saúde.

Secretaria de Saúde reforça importância dos cuidados na prevenção da varíola dos macacos
Foto: Reprodução / SES-GO

Em Goiás, até ontem (26/7), 12 casos da doença foram confirmados. O Brasil está entre os 10 países com mais casos confirmados. Devido o cenário epidemiológico a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) reforça que que as ações de prevenção, vigilância e monitoramento dos casos da doença vêm sendo realizadas pela pasta.


A SES - GO orienta que a população mantenha hábitos de higiene como lavar sempre as mãos, usar álcool em gel, evitar aglomerações e fazer uso de máscaras e locais fechados. Ainda que no Brasil a doença tenha se apresentado de forma leve, pessoas imunossuprimidas podem apresentar casos graves. No entanto, mesmo em casos leves o isolamento se faz necessário e é uma das principais medidas de prevenção e controle da doença.


A transmissão da doença ocorre geralmente por contato pessoal prolongado e por meio de objetos contaminados. Além disso, em humanos, a monkeypox também é transmitida por contato com fluidos corporais, lesões na pele ou em mucosas, como boca ou garganta, gotículas respiratórias.


A pessoa infectada pode apresentar sintomas como febre, dor de cabeça, inchaço dos gânglios linfáticos, dor nas costas, dor muscular, calafrios e exaustão. Os sintomas podem durar de duas a quatro semanas e é evidenciada pelo surgimento de lesões na pele. O tratamento consiste em medidas para aliviar os sintomas, prevenir, tratar e evitar possíveis sequelas.


Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page