top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Vereadores de Goianésia denunciam lixão a céu aberto dentro da cidade

Descaso ambiental expõe população ao risco de doenças

Vereadores de Goianésia denunciam lixão a céu aberto dentro da cidade
Foto: Reprodução

Durante a última sessão na Câmara Municipal de Goianésia, o vereador Paulo Henrique (UB) trouxe à tona uma preocupante situação que tem tirado o sono dos moradores: um lixão a céu aberto localizado em uma rua do residencial Colina Park. As imagens apresentadas pelo vereador mostram um cenário desolador, com montes de lixo acumulado, e até mesmo animais revirando os resíduos.


"Ali é um parque de diversão do mosquito da dengue", alertou Paulo Henrique, destacando o risco à saúde pública que o acúmulo de lixo representa. Segundo ele, quando chove, o chorume proveniente do lixão escorre diretamente para o córrego Mariana, agravando ainda mais a situação.


Essa não é a primeira vez que a questão é levantada na Câmara. Em novembro do ano passado, o vereador professor Hiago Matos (UB) já havia apresentado um requerimento solicitando que a prefeitura tomasse providências para sanar esse problema. Na ocasião, Hiago também pediu que fosse fixada uma placa de advertência no local, medida que até o momento não foi realizada.


"Na época, a justificativa do secretário era de que seriam instaladas câmeras de segurança para inibir que as pessoas jogassem lixo no local, o que não foi feito. A placa não foi colocada", lamentou professor Hiago.


O vereador Geraldo do Pastel (Podemos) também manifestou sua indignação com a situação. "No centro da cidade está bonitinho, mas vá lá nas outras regiões da nossa cidade ver a situação que está", desabafou.

O Ogoiás procurou a prefeitura de Goianésia para comentar sobre a situação do lixão a céu aberto, mas até o fechamento desta matéria, não obteve resposta.


A preocupação dos vereadores vai além da questão estética e ambiental. Eles alertam para os riscos à saúde da população, destacando que o acúmulo de lixo pode contribuir para o aumento de casos de dengue, o que poderia sobrecarregar o sistema de saúde municipal.

Comments


Publicidade

Publicidade