top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Carlos Veículos assume o comando da Prefeitura de Goianésia

Leonardo Menezes está licenciado para fazer uma viagem particular, entre os dias 26 e 29 de dezembro

Carlos Veículos assume o comando da Prefeitura de Goianésia
Foto: Reprodução

O presidente da Câmara Municipal de Goianésia, Carlos Veículos (PSD) assumiu, na manhã desta segunda-feira (26/11), à Prefeitura de Goianésia de forma interina, após o pedido de licença do prefeito Leonardo Menezes (UB). Devido o município não ter vice-prefeito, quem assume é o presidente da Câmara.


Na cerimônia de compromisso que aconteceu na sala de reuniões do Paço Municipal, Carlos foi prestigiado por colegas vereadores, servidores da Câmara, familiares, pastores, amigos e lideranças políticas. Representando o prefeito o secretário-chefe da Casa Civil, Zeca Salvino, deu as boas vindas a Carlos. “É uma pessoa que tanto o Leo quanto eu confiamos plenamente, por isso está aqui vivendo este momento”, disse.


O pedido de licença do prefeito foi aprovado pelo Legislativo na última quarta-feira (21/12). Leonardo Menezes faz uma viagem particular até o dia 29 de dezembro.

Foto: Ascom/Prefeitura de Goianésia

O prefeito Carlos

Carlos Gomes de Passos, o Carlos Veículos, assume o comando do Paço Municipal por ser presidente da Câmara de Vereadores. Ele, antes de ser vereador, era o vice-prefeito de Goianésia, durante a gestão do ex-prefeito e atual deputado eleito, Renato de Castro, mas durante os 4 anos de mandato ele não teve esta oportunidade, como agora, de ser prefeito, nem de participar da gestão.


Neste ano, Carlos esta realizando dois desejos, o de ser presidente da Câmara e o de ser prefeito da cidade. Ele assumiu a presidência do legislativo após ser eleito para um mandado tampão, depois que o ex-presidente Fábio da Enigma renunciou ao cargo.


Mesmo em um curto período como presidente, Carlos Veículos se destacou como gestor. Ao assumir a presidência, ele encontrou uma Câmara com sérios problemas, com uma dívida em torno de R$ 800 mil, conforme levantamento feito pela assessoria contábil, clima ruim entre os servidores e de apreensão, enfim, muita informação desencontrada. Sua primeira medida foi reavaliar todos os contratos, passar o pente fino em todas as contas, acalmar o ânimo dos servidores, e assim resolver todos os problemas.

Komen


Publicidade

Publicidade

bottom of page