top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Falta de estrutura na UPA de Goianésia leva acompanhantes a dormir no chão, denuncia vereador

Falta de cadeiras adequadas para acompanhantes gera desconforto e indignação na unidade de saúde

Falta de estrutura na UPA de Goianésia leva acompanhantes a dormir no chão, denuncia vereador
Acompanhantes dormindo no chão na UPA de Goianésia - Foto: Reprodução/Rede Social

Durante a sessão da Câmara Municipal de Goianésia, na noite desta quinta-feira (25/4), o vereador Paulo Henrique Naves (MDB) denunciou a situação de acompanhantes de pacientes que estão dormindo no chão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. A denúncia foi feita durante a apresentação de um requerimento de urgência, no qual o vereador solicitou ao prefeito Leonardo Menezes (PL) a compra de mais cadeiras para atender à demanda da unidade.


"O cidadão goianesiense que vai procurar tratamento na UPA, que fica internado, não tem lugar para os acompanhantes ficarem, e eles têm que dormir no chão. Por isso, eu peço para que os colegas votem favorável para pedirmos ao prefeito e secretário de saúde para resolverem esse caso", explicou Paulo Henrique.


Durante a sessão, outros vereadores também comentaram o caso, afirmando estar perplexos ao verem pessoas dormindo no chão de um hospital.


Justificativa

Ao ser questionado o diretor da UPA, Douglas Nogueira, ele explicou que, devido à alta demanda dos últimos dias, principalmente pelo grande número de casos de dengue, foi necessário retirar as poltronas das enfermarias para colocá-las na sala de observação.


"Devido à alta demanda, principalmente de casos de dengue, poltronas foram retiradas das enfermarias para atender a mais pacientes. As enfermarias têm cadeiras para acompanhantes, mas não são confortáveis", explicou o diretor.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page