top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Caminhoneiros voltam a bloquear rodovias em ao menos cinco estados

Atos ocorrem após decisão do STF contra empresas suspeitas de financiar atos antidemocráticos

Caminhoneiros voltam a bloquear rodovias em ao menos quatro estados
Foto: Valter Campanato/Arquivo Agência Brasil

Caminhoneiros voltaram a interromper o fluxo de veículos em rodovias federais de ao menos três estados. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os novos bloqueios começaram a ser registrados na manhã de ontem (18/11). Na manhã deste sábado (19/11), caminhoneiros fizeram protestos e bloqueiam totalmente 18 lugares em rodovias dos estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Rondônia, Pará e Paraná.


Segundo a PRF, até a manhã deste sábado (19/11), não há obstruções em rodovias federais de Goiás. A concessionária Ecovias do Araguáia informou que, na BR-153, tem algumas obras previstas para serem realizadas hoje, e, por esse motivo, terá pare-siga nos KM 352 e 342, em Jaraguá e KM 224, em Hidrolina. Já na BR-414 a previsão de obras é no KM 319, em Cocalzinho de Goiás.


“Ainda este mês conversamos com diversas lideranças [de caminhoneiros e demais manifestantes e, desde então] ninguém mais estava bloqueando rodovias. [Ontem], alguns descontentes, em nome de uma suposta greve geral que deveria acontecer hoje, bloquearam as rodovias, prejudicando as pessoas que precisam de atendimento médico; quem tem viagem marcada; quem está dentro de um ônibus, vindo de longe; aquele pequeno comerciante que comprou uma mercadoria para revender”, disse o assessor de imprensa da superintendência da PRF em Rondônia, Andrei Milton.


Os novos protestos ocorrem um dia após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinar o bloqueio das contas bancárias de 43 pessoas e empresas suspeitas de financiar atos antidemocráticos que tentam anular o resultado da eleição presidencial de outubro.


תגובות


Publicidade

Publicidade

bottom of page