top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Confronto entre Israel e Hamas deixa centenas de mortos; Brasil condena o ataque

Primeiro-ministro israelense declara guerra em resposta ao ataque surpresa

Confronto entre Israel e Hamas deixa centenas de mortos; Brasil condena o ataque
Hamas destrói um tanque das forças de segurança de Israel em Gaza - Foto: Reprodução

A região do Oriente Médio enfrenta uma escalada de violência após o grupo militante Hamas lançar um ataque surpresa contra Israel, utilizando mais de 5 mil foguetes. O governo israelense relatou pelo menos 100 mortes, 545 feridos e 57 israelenses sequestrados e levados para a Faixa de Gaza.


Em resposta, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, declarou guerra e ordenou a convocação de reservistas do Exército. O conflito incluiu a infiltração por terra, ar e mar, resultando em tiroteios em áreas como Sderot. Imagens de soldados israelenses detidos e corpos de militares levados para Gaza também foram divulgadas.


Brasil condena o ataque

O governo brasileiro, através do Itamaraty, divulgou uma nota condenando "a série de bombardeios e ataques terrestres". O texto expressa condolências às famílias das vítimas e solidariedade ao povo de Israel. O Brasil, que ocupa a presidência do Conselho de Segurança das Nações Unidas, anunciou que convocará uma reunião de emergência do órgão.


O Ministério das Relações Exteriores brasileiro afirmou que, até o momento, não há notícias de vítimas entre a comunidade brasileira em Israel e na Palestina. O governo brasileiro reiterou seu compromisso com a solução de dois Estados, com Palestina e Israel convivendo em paz e segurança, dentro de fronteiras mutuamente acordadas e internacionalmente reconhecidas, e destacou a urgência da retomada das negociações de paz.

Comments


Publicidade

Publicidade

bottom of page