top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Goianésia emplaca três equipes na fase regional dos Jogos Abertos 2022, que será disputada em Ceres

As finais, etapa posterior à regional de Ceres, serão na capital, Goiânia, de 2 a 4 de setembro, quando serão conhecidas e premiadas as equipes campeãs da temporada.

Foto: Samuel Henrique/Goianésia

O fim de semana foi de grande agito esportivo em Goianésia, que sediou, de sexta-feira (08/7), a domingo (10/7), a fase classificatória dos Jogos Abertos do Estado de Goiás 2022, de onde saíram classificados os dois melhores colocados de quatro modalidades, uma delas nos naipes masculino e feminino, e as outras só no masculino, para a fase regional, que será disputada de 12 a 14 de agosto, em Ceres.


De Goianésia passaram os times do futsal feminino, em segundo lugar, na chave que tinha também Petrolina de Goiás, que avançou em primeiro, e Ceres, eliminado; e do voleibol masculino, também em segundo, na chave que contou com Itapaci, classificado em primeiro, Petrolina e Senador Canedo, ambos eliminados.


Equipes de Goianésia

Goianésia inscreveu quatro equipes na fase classificatória que a cidade abrigou, mas apenas três participaram, duas das quais passaram para a fase regional – a do basquete masculino foi a única eliminada. A outra equipe, de voleibol feminino, como não houve outra inscrita nessa modalidade, passou direto para a regional, onde se juntará às duas classificadas da cidade.


O mesmo aconteceu no handebol feminino, onde apenas Itapaci inscreveu equipe e avançou automaticamente.


Ao todo, 10 equipes, do total de 21, que disputaram a etapa em Goianésia, carimbaram passaportes para a fase regional em Ceres: no handebol masculino, Jaraguá, em primeiro, e Ceres, em segundo; no basquetebol masculino, Itapuranga, em primeiro, e Jaraguá, em segundo; e no futsal masculino, Ceres, em primeiro, na chave B, e Jaraguá, em primeiro, na B; e, ainda, Goianésia e Petrolina, no futsal feminino; e Goianésia e Itapaci, no voleibol masculino; além das duas equipes, uma de Goianésia (voleibol feminino) e outra de Itapaci (handebol feminino), que passaram automaticamente.


Jayme e Marão

Os jogos em Goianésia foram disputados, os de basquetebol e voleibol, no Ginásio de Esportes Jayme Fernandes; e os de futsal e handebol, no Centro Desportivo Mário Divino Celestino, o “Marão”.


Ao todo, foram 27 partidas, duas das quais terminaram por W x O, e teve duas desistências por abandono de quadra, que ensejaram na eliminação de ambas equipes.


O coordenador técnico dos Jogos Abertos de Goiás, Paulo Duarte de Castro, fez balanço positivo do evento. “Tivemos bons jogos, de alto nível técnico. Agora, vem a fase regional, em Ceres, onde se juntarão equipes de mais duas modalidades: futevôlei e vôlei de praia”, disse o coordenador técnico.


Futsal feminino

No futsal feminino, o time de Goianésia garantiu classificação ao golear o Ceres, por 6 a 0, nesse sábado. Na estreia, havia perdido para o Petrolina, por 4 a 3. O Petrolina também venceu o Ceres, por 2 a 1, e passou em primeiro.

Foto: Samuel Henrique/Goianésia

Goianésia não inscreveu time no futsal masculino, assim como também não teve representante disputando a modalidade handebol masculino.


Voleibol masculino

O outro time local classificado para a fase regional, do voleibol masculino, venceu dois jogos e perdeu um. Todos os jogos dessa modalidade foram disputados no sábado.


Na estreia, o Goianésia bateu a equipe de Senador Canedo, por 2 sets a 0, parciais de 25/15 e 25/17. Depois, vencedor do jogo um, triunfou sobre o Petrolina, perdedor do jogo dois, por 2 sets a 1, parciais de 16/25, 25/22 (esse sete de empate do Petrolina) e 10/15. Na rodada final, o Goianésia, vencedor do jogo um, encarou o Itapaci, vencedor do dois, e perdeu para os líderes da chave, por 2 sets a 1, de virada, parciais de 29/27 (set vencido pelo Goianésia), 11/25 e 11/15.


Importância dos técnicos

A Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer de Goianésia comemorou os resultados alcançados pelas equipes locais. Em nome da Pasta, Bruno Nogueira agradeceu aos treinadores das equipes, do vôlei masculino, Odair Martins e Ludmylla Marcely, e do futsal feminino, Aline Félix, “pela disponibilidade de tempo, por treinarem os nossos atletas e conseguirem o rendimento necessário para levar os times para as outras fases”.


Importância dos jogos

O secretário municipal de Esporte, Juventude e Lazer, Tarcísio Rodrigues, que participou da cerimônia de abertura das competições em Goianésia, na sexta-feira, renovou, ao fim das disputas, a gratidão pela oportunidade de participar de mais essa edição dos Jogos Abertos.


Em seu nome, e no nome do prefeito Leonardo Menezes, afirmou ter sido honroso o município receber equipes de outros municípios. “Por isso, agradecemos ao Governo do Estado, por ter nos dado a oportunidade de sediar essa fase dos Jogos Abertos na cidade de Goianésia e nos colocamos à disposição para a realização das competições estaduais”, declarou Tarcísio Rodrigues.


Basquete eliminado

O time de basquetebol do Goianésia terminou em terceiro na chave U, atrás do Itapaci, classificado em primeiro, e do Jaraguá, em segundo, e na frente apenas do Senador Canedo. Essas quatro equipes disputaram a modalidade.


Na estreia, o Goianésia venceu o Senador Canedo, que não chegou a tempo da estreia, por W x O, na única disputa marcada para sexta-feira, 8. Em seguida, vencedor do jogo um, o Goianésia encarou o perdedor do jogo dois, o Jaraguá, que também levou W x O, diante do Itapuranga. O time jaraguense venceu os anfitriões por 49 a 21 e encaminhou a classificação para a Lendária Terra. Na despedida, o Goianésia perdeu de novo, dessa vez para o vencedor do jogo dois, o Itapuranga, por 63 a 28.

Comentarios


Publicidade

Publicidade