top of page
  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • X
  • TikTok

Governo planeja praças de pedágio em cinco rodovias de Goiás; veja quais são

Segundo a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes, a ação busca ampliar a capacidade das rodovias do estado

Governo de Goiás planeja praças de pedágio em cinco rodovias estaduais; veja quais são
Goiás busca ampliar capacidade de suas estradas - Foto: Divulgação/Goinfra

O governador Ronaldo Caiado (UB) formalizou a assinatura de um convênio com o Ministério dos Transportes que poderá abrir caminho para a privatização de cinco trechos de rodovias no estado. O objetivo desse acordo é realizar um leilão conjunto envolvendo estradas federais e estaduais, com o intuito de atrair investimentos, aumentar a segurança viária e a fiscalização, bem como a possível implementação de praças de pedágio. O projeto visa principalmente evitar que essas estradas se tornem rotas de fuga e garantir um maior desenvolvimento das regiões.


As cinco rodovias que fazem parte do acordo de delegação são as seguintes:

  1. GO-070: Do entroncamento da BR-060/GO-050/060, em Goiânia, ao da GO-164.

  2. Trecho 1 da GO-080: Do encontro da BR-060, em Goiânia, ao da BR-153.

  3. Trecho 2 da GO-080: Do entroncamento da BR-153 ao entroncamento da BR-251/GO-230/338, no contorno de Goianésia.

  4. GO-060: Do entroncamento da GO-050/070, em Goiânia, ao entroncamento da GO-320, no início do perímetro urbano de Iporá.

  5. GO-020: Do encontro da BR-153/352, em Goiânia, até a GO-139, no fim do perímetro urbano de Cristianópolis.

Embora o acordo tenha sido firmado pelo governador, ele ainda está em sua fase inicial e será precedido por estudos de viabilidade. A Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) está encarregada dessa tarefa, como anunciou seu presidente, Lucas Vissoto, em recente entrevista ao jornal O Popular.


Quanto ao valor das tarifas de pedágio, ainda não há uma definição concreta. No entanto, o servidor mencionou que o governo estadual terá voz ativa nesse processo. "Vamos ser ouvidos e colocar nossa posição. Não vamos aceitar nada que não seja adequado", afirmou Lucas Vissoto.


Segundo o cronograma do Governo Federal, a previsão é que quatro rodovias federais que atravessam Goiás sejam leiloadas em 2024, de acordo com a secretária nacional de Transporte Rodoviário, Viviane Esse.

Kommentare


Publicidade

Publicidade

bottom of page